Orleans investe em tecnologia de Fertirrigação

Produtores rurais conhecem novas tecnologias para a Fumicultura

 

Devido Orleans ter uma das maiores produções de fumo da região sul, na terça-feira 20, a Souza Cruz realizou um dia de campo sobre tecnologias estratégicas aplicadas a cultura do tabaco na propriedade do Vilcionei (Tato), na comunidade do Barracão no interior de Orleans. O evento contou com a presença de 119 produtores integrados, com a equipe de produção agrícola da Souza Cruz, e alguns convidados, incluindo Luiz Cristovão Crozeta, Secretário da agricultura de Orleans.

Durante o evento, foram abordados os benefícios a curto e longo prazo referente ao uso de tecnologias como a adubação verde e o Camalhão alto de base largo com palhada, que melhora a estrutura do solo e fornece matéria orgânica; A fertirrigação, que reduz a necessidade de mão de obra do produtor, facilitando o trabalho e deixando a lavoura menos sujeita as incertezas do clima; O canteiro padrão, que melhora a qualidade das mudas, evita doenças, e contribui com o meio ambiente através do uso racional da água; e algumas tecnologias relacionadas a cura como o CiC (controlador inteligente de cura) e a Fornalha One Block.

Além disso, foi abordado o tema sobre a importância e a obrigatoriedade de 100% dos produtores integrados possuírem depósito de agrotóxico de acordo com a legislação em suas propriedades. Para a Souza Cruz, o Depósito de agrotóxicos se tornou uma “licença para operar”, devido a saúde e segurança dos trabalhadores.

– Nosso papel é fornecer maneiras para nossos produtores melhorarem a qualidade do seu solo e aumentarem a produtividade, tornando o seu negócio mais rentável e sustentável a longo prazo. Um solo de melhor qualidade, naturalmente suporta mais as intempéries climáticas, e contribui para a obtenção de um produto final de melhor qualidade, conclui Julia Domingues, Gerente Territorial de Produção Agrícola da empresa.

Colaboração: Robson Lunardi / Comunicação Orleans

Compartilhar