EBV é homenageada na Câmara de Vereadores

Em Sessão Solene na Câmara de Vereadores de Orleans, a Escola Barriga Verde – EBV foi homenageada pelos 30 anos de atuação na educação no município, na noite dessa última segunda-feira, 26. A escola é mantida pela Fundação Educacional Barriga Verde – Febave e foi fundada no dia 23 de setembro de 1988.

Durante a sessão cinco pessoas que fazem parte da história da EBV receberam placas de homenagens dos parlamentares, o ex-presidente da Febave, professor Agenor Della Giustina, a professora Edina Furlan Rampineli, que foi a primeira diretora da EBV, a senhora Edite Ascari Debiasi, primeira merendeira da escola, e a primeira professora da EBV, Marilete Aparecida Willemann. O advogado Ramirez Zomer também foi homenageado por ter sido aluno da primeira turma da escola.

A sessão solene também contou com a presença do atual presidente da Febave, Elcio Willemann, do vice-presidente, Guilherme Valente de Souza, e do prefeito municipal de Orleans, Jorge Luiz Koch.

Para o atual presidente da instituição, Elcio Willmeann, a Febave é justa em reconhecer o trabalho de todos, entre diretores, merendeiras e professores. “Espero para os próximos anos reconhecimento a outras atividades da Febave. Somos muito gratos a todos, porque de uma forma ou de outra Orleans acolheu os projetos da Febave, e mesmo com toda dificuldade e sacrifício a Febave prosperou”, ressaltou Wiliemann.

O prefeito Jorge Luiz Koch ressaltou o empenho e a dedicação do ex-presidente da Febave, homenageado da noite. “A Escola Barriga Verde ao longo dos seus 30 anos formou cidadãos, formou profissionais, formou o saber. O professor Agenor realmente colocou o corpo, a alma, o espírito e a vontade de continuar aquela escola”, frisou Koch.

A professora Edina, que não pode comparecer à sessão, foi representada pelos filhos Sandro Rampineli e Lucas Rampineli, em entrevista, posteriormente afirmou sentir-se realizada e gratificada por fazer parte da história da instituição. “Fiquei imensamente feliz com a homenagem. Foram 20 anos de dedicação a EBV. Sinto-me realizada por ver que a semente plantada em 1988, germinou e transformou-se em conhecimento, parceria, dedicação e amor ao ensino”, completou.

Fotos e texto: Ascom Unibave

Compartilhar